Em 2016, por ocasião do Festival Reimaginar, em Brasília, evento promovido pela Novos Diálogos, um grupo de pessoas LGBTI+ e aliades de diferentes igrejas se encontrou para conversar sobre “Bíblia, Gênero e Sexualidade”, momento que se tornou sonho e semente de uma articulação permanente de evangélicos LGBTI+.

A princípio sob a moderação de Flávio Conrado, juntamente com Tálita Santana, ambos de Brasília, e de Bob Luiz Botelho, de Curitiba, primeiramente através da presença nas redes sociais para promover conteúdo digital, o Evangélicxs pela Diversidade foi organizado formalmente no final do segundo semestre de 2017 como uma articulação de pessoas LGBTI+ e aliades a fim de lutar contra a violência cis-heteronormativa e lgbtfóbica de grande parte das igrejas evangélicas e disputar as narrativas do sagrado e da espiritualidade em diálogo com a diversidade sexual e identidade de gênero.

Tornando-se público em maio de 2018, o perfil do Evangélicxs nas redes sociais teve rápido crescimento, a partir do qual foi possível iniciar um processo de convite para a participação de voluntariado na iniciativa, que foi paulatinamente ajudando na formação de núcleos espalhados nas cinco regiões do País.

Em agosto 2018, em parceria com a Red Latinoamericana y del Caribe por la Democracia (RedLad) e o Grupo de Estudios Multidisciplinarios sobre Religión e Incidencia Pública (GEMRIP), um marco para fortalecer a reflexão e o debate sobre a possibilidade de conectar a fé com a discussão sobre diversidade sexual e de gênero foi a tradução da cartilha 12 Mitos sobre as Religiões e a Diversidade Sexual, com ampla repercussão nas redes sociais.

Para oferecer apoio e acolhimento em um momento delicado da democracia brasileira, onde pessoas LGBTI+ encontravam-se vulneráveis pelo discurso lgbtfóbico que ganhou expressão nas comunidades de fé no período eleitoral e pós-eleitoral, além de ouvir, aprender e entender os desafios da {r}existência e construir uma agenda para 2019,  o Rio de Janeiro recebeu o primeiro Encontro Nacional do Evangélicxs pela Diversidade, entre os dias 21 e 23 de Novembro de 2018.

O ano de 2019 foi muito importante para o Evangélicxs, pela oportunidade de participar em dois eventos regionais. Em maio de 2019 o Evangélicxs pela Diversidade participou do 4º Encontro de Lideranças Políticas LGBTI das Américas, a maior reunião de líderes da comunidade LGBTI no continente, realizada em Bogotá, na Colômbia. Na ocasião, representada por Bob Luiz Botelho, o Evangélicxs teve a oportunidade de discutir ideias, compartilhar melhores práticas e estabelecer as bases para avançar rumo à igualdade na região através da participação cidadã e de políticas públicas de promoção da cidadania LGBTI. O Brasil também esteve representado neste encontro por iniciativas como #VoteLGBT, e por lideranças políticas como o senador Fabiano Contarato (Rede-ES), o deputado distrital Fábio Félix (Psol-DF), a deputada estadual Erica Malunguinho (Psol-SP) e as ativistas trans Robeyonce Lima e Erika Hilton, entre outras.

Em junho de 2019 o Evangélicxs compôs a Coalizão Religiões, Espiritualidades e Crenças em Diálogo com a Sociedade Civil na Assembleia Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA). O convite surgiu por parte do GEMRIP e à ocasião, Bob Luiz Botelho, coordenador executivo do Evangélicxs e líder mais jovem da coalizão, teve a oportunidade de compor a mesa com o Secretário Geral da Comissão Interamericana de Direitos Humanos e a encarregada pelo tema de liberdade religiosa do Departamento de Estado dos Estados Unidos.